Cloud computing: entenda o que é e quais as suas vantagens

Camila Wolfer

Coordenadora de Relacionamento na Migrate. Graduada em Sistemas de Informação, é responsável por estreitar a comunicação com nossos parceiros.

0 Comments

A cloud computing é uma tecnologia que já existe há bastante tempo. Entretanto, o seu uso foi popularizado somente nos últimos anos. Como uma alternativa de infraestrutura remota de servidores, a cloud computing é uma solução que pode trazer inúmeros benefícios para uma empresa.

As companhias buscam, cada vez mais, adaptar-se à transformação digital. Por isso, compreender o que é e como funciona a cloud computing é fundamental para que a empresa acompanhe as novas tendências tecnológicas e, a partir disso, consiga obter destaque no mercado.

Quer saber mais sobre o tema? Continue a leitura e entenda como a cloud computing pode ajudar o seu negócio!

O que é e como funciona a cloud computing?

Também conhecida por computação em nuvem, a cloud computing funciona por meio de servidores remotos que fornecem recursos de processamento e armazenamento. Com isso, pode-se eliminar ou reduzir bastante a infraestrutura de TI física de uma empresa, bem como a quantidade de profissionais para administrá-la.

Dessa forma, também é possível eliminar um problema recorrente nas empresas: o acesso facilitado aos dados.

Em outras palavras, com a cloud computing, um colaborador não precisa mais estar no escritório para acessar um documento. Ele pode estar, por exemplo, em viagem ou até no home office. Para isso, basta ter algum dispositivo móvel como celular ou tablet conectado à internet.

Tipos de cloud computing

Basicamente, o serviço pode ser provido de três maneiras:

  1. Nuvem pública: várias empresas contratam um único provedor que fica responsável por oferecer os recursos de armazenamento e processamento, levando em conta as demandas particulares de cada companhia. Apesar de ser uma nuvem pública, não significa que as informações ficam visíveis a agentes externos. Existe um elevado nível de segurança e um custo mais baixo em comparação com a nuvem privada;
  2. Nuvem privada: quando a companhia deseja uma solução mais personalizada, pode optar pela nuvem privada. Nela, existe um grau maior de restrição de acesso, em comparação com a nuvem pública;
  3. Nuvem híbrida: como o nome sugere, apresenta características de nuvem pública e privada. A escolha por esse tipo de cloud computing dependerá da estratégia de negócio da organização.

Por que investir em cloud computing?

As soluções de cloud computing ajudam a empresa a ser mais ágil e eficiente em vários aspectos. Dentre as principais vantagens da tecnologia, podemos citar:

  • redução de custos, pois torna-se possível diminuir bastante o gasto com infraestrutura física de servidores e profissionais de TI;
  • segurança, pois a empresa pode controlar o acesso aos seus dados. Além disso, a nuvem conta com a proteção por meio de criptografia;
  • escalabilidade, uma vez que os recursos são acessados sob demanda, podendo ser expandidos mediante o crescimento escalável do negócio.

Quais os principais tipos de aplicação em cloud?

Quando você ouve música no Spotify, por exemplo, existe ali um serviço de streaming que solicita recursos a um servidor remoto na nuvem. Podemos também citar como aplicação que utiliza a cloud computing o SAP, que é um software responsável por diversas operações, como a gestão financeira e de Recursos Humanos.

Como aderir à cloud computing na empresa?

Para adquirir uma solução de cloud computing, existem basicamente três formas:

  1. SaaS, ou software como um serviço: a empresa passa a contar com programas sem a necessidade de fazer licenças. As atualizações e manutenções do software ficam a cargo do provedor na nuvem. Para isso, a companhia pode pagar uma assinatura mensal pelo serviço;
  2. PaaS, ou plataforma como serviço: aqui, a companhia pode contar com um ambiente para a criação de aplicações, bem como a sua modificação e otimização;
  3. IaaS, ou infraestrutura como serviço: em vez de adquirir servidores físicos e equipamentos de hardware, a empresa pode optar pelo aluguel — o que passa a ser mais barato, pois o serviço é contratado por meio de assinatura.

A cloud computing popularizou-se bastante nos últimos anos. Por oferecer recursos de armazenamento e processamento de forma customizada, a empresa é beneficiada de muitas formas, especialmente com a segurança, redução de custos com infraestrutura física e a possibilidade de um crescimento escalável.

O que achou de conhecer sobre a cloud computing? Continue em nosso blog e aproveite para curtir a nossa página no Facebook!

Camila Wolfer

Coordenadora de Relacionamento na Migrate. Graduada em Sistemas de Informação, é responsável por estreitar a comunicação com nossos parceiros.

About the Author

Camila Wolfer

Camila Wolfer

Coordenadora de Relacionamento na Migrate. Graduada em Sistemas de Informação, é responsável por estreitar a comunicação com nossos parceiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *