NFS-e: Como tratar o retorno “Arquivo enviado fora da estrutura do arquivo XML de entrada”

Rodrigo Artus

Analista de Negócios InvoiCy na Migrate. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, é Especialista em Emissão Fiscal.

0 Comments

Olá! Neste artigo vamos abordar um dos retornos do módulo NFS-e, que constantemente tem causado dificuldade na integração. O retorno “Arquivo enviado fora da estrutura do arquivo XML de entrada”, é uma resposta comum em diferentes padrões de emissão, especialmente no padrão GINFES.

Sabemos que, o retorno recebido no processamento de um RPS, é muito importante para o entendimento do que ocorreu com determinado documento. Na grande maioria dos casos, o retorno é claro e objetivo, e em caso de rejeição, nos mostra o que deve ser feito e qual a informação que está de fato incorreta.

Mas infelizmente não são todos os casos onde o retorno é facilmente interpretado, e este que abordaremos neste artigo, gera uma grande dificuldade de compreender o que de fato ocorreu com o documento. A boa notícia é que há alguns pontos que podem ser avaliados no XML de integração, para tentar entender qual o campo que originou tal retorno.

Mas, o que pode causar este retorno?

Em praticamente 100% dos casos, este retorno é ocasionado pela falta de alguma informação obrigatória, ou até mesmo, pelo envio de uma informação incorreta em uma tag do XML. Por exemplo, vamos supor que o campo natOp (Natureza de Operação) seja obrigatório, mas foi enviado em branco, poderá causar o retorno em questão. O mesmo retorno pode ocorrer se enviado um valor no campo natOp, mas não é um valor válido para a tag, como por exemplo, se é esperado na tag valores de 1 à 6, mas é enviado valor fora desse range.

Mas, o que posso fazer para encontrar o problema de fato?

Sabendo que estes são os maiores causadores deste retorno, a primeira ação que deve ser tomada é avaliar todos os campos enviados no XML, e validar se estas informações enviadas estão de acordo com as informações esperadas em cada campo.

Outra alternativa, é avaliar as particularidades de cada padrão, pois sempre podem haver informações que passaram despercebidas durante a integração, e nestes artigos, podemos identificar algum campo faltante ou informação que possa ter sido enviada de forma incorreta. Para tal, identifique qual o padrão do município em questão, e busque pelo artigo de particularidades, clicando aqui

Outro recurso que pode facilitar e impedir erros de preenchimento do XML, é utilizar a validação de schema XSD, antes de transmitir o RPS ao InvoiCy. Nós disponibilizamos um arquivo XSD para que você possa efetuar esta validação em seu ERP. O arquivo de schema atualizado encontra-se disponível clicando aqui. A cada RPS gerado para envio, se efetuada esta validação contra o arquivo XSD, as chances de descobrir uma informação obrigatória faltante ou incorreta aumentam, reduzindo os riscos de retornar a falha na estrutura do arquivo enviado.

Por fim, gostaria ainda de compartilhar um retorno bem específico do padrão GINFES, que causa o retorno de falha na estrutura do arquivo enviado. O retorno costuma ocorrer sempre que enviado qualquer valor no campo RegEspTrib (Regime Especial de Tributação). Alguns municípios do padrão aceitam a informação, porém outros, mesmo tendo o campo em seu layout, não aceitam, causando tal rejeição. Neste caso, a orientação é remover a informação do XML e tentar a emissão novamente.

Se mesmo com as avaliações acima citadas,  ainda não seja possível solucionar o problema, fique tranquilo. Conte com nossa equipe de atendimento especialista em emissão fiscal. Envie um e-mail para atendimento@migrate.info. Nós vamos lhe apoiar para o seu sucesso!

Use NFS-e com a MIGRATE! Conheça a Plataforma InvoiCy!

Gostou deste conteúdo? Então veja quais os municípios atendidos pela Migrate clicando neste link.

Quer conhecer mais sobre a Plataforma InvoiCy? Veja clicando aqui.

Rodrigo Artus

Analista de Negócios InvoiCy na Migrate. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, é Especialista em Emissão Fiscal.

Posted in:
About the Author

Rodrigo Artus

Rodrigo Artus

Analista de Negócios InvoiCy na Migrate. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, é Especialista em Emissão Fiscal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *